Com outra virada heroica, Capitals massacra o rival Rangers em pleno Madison Square Garden

O Washington Capitals tem dado motivos de sobra para a alegria de sua torcida. Fora de casa, em pleno Madison Square Garden, com direito a ilustríssima presença do ex-beatle Paul McCartney, o time da capital americana venceu um de seus maiores rivais, o New York Rangers, por 7-3 de virada numa vitória histórica, que ficará guardada na memória da torcida da equipe da capital, e possivelmente também na torcida nova-iorquina…

O jogo começou a esquentar a partir da segunda metade do primeiro período. O Capitals abriu o placar com Justin Williams restando 07:57.  Ainda no primeiro período, o Rangers reagiu e conseguiu a virada. J.T. Miller pouco mais de um minuto depois empata e depois Chris Kreider vira o jogo pouco mais de dois minutos mais tarde. Com 01:7 para o fim do período, Dan Boyle converteu um power play, ampliando para 3×1. Mais uma vez, a torcida se preocupou com o fato de Braden Holtby ter sofrido três gols. Porém, o técnico Barry Trotz não o substituiu e HoltBeast não o decepcionou, fechando o gol a partir daí.

Porém, no segundo período, foi o Capitals que começou sua reação. A virada, agora, foi para o lado do time de Washington. Com 05:25 jogados, Evgeny Kuznetsov diminuiu com um belo backhander. Pouco antes de dois minutos depois, com 07:01, T.J. Oshie deixa tudo igual novamente, 3-3. Na segunda metade do período, o Capitals teve um power play a seu favor e, com 08:57 restantes, o capitão Alex Ovechkin capitalizou para virar o jogo no Madison Square Garden. Ainda teve tempo pra mais: com exatamente 1 minuto para o fim do período, a equipe de Washington capitalizou outro power play, agora com Williams que marcou seu segundo gol da noite, fazendo 5-3 Capitals. Por ter levado cinco gols, o técnico dos nova-iorquinos, Alan Vigneault, substituiu Henrik Lundqvist por Magnus Hellberg no gol do Rangers.

No terceiro período, o Caps continuou ampliando. O Rangers teve um power play a seu favor mas, além de não conseguir converter, Jason Chimera fez um shorthanded goal para deixar 6-2 Capitals. Pouco mais de dois minutos depois, Marcus Johansson marcou para fechar o saldo da noite em 7-3 Capitals.

Placar final: New York Rangers 3-7 Washington Capitals

Com dois gols e uma assistência, Williams foi o 1st Star of the Game, seguido pelos companheiros de equipe Nicklas Backstrom (três assistências) e Johansson (um gol e duas assistências).

Com a vitória, o Caps continua na liderança da liga. Outro fator positivo foi a “redenção” para o time de Washington com a vitória maiúscula sobre seu rival, goleando-o em casa, em razão da última derrota sofrida por 5-2. Sobretudo, para “vingar” a eliminação nos playoffs no jogo 7 no mesmo Madison Square Garden. A vitória também serviu para o Capitals se isolar nas lideranças da Divisão Metropolitana e Conferência Leste.

Próximo jogo: o Capitals enfrenta outro rival de divisão fora de casa, o Carolina Hurricanes (21/12).

Assista aos melhores momentos da goleada do Capitals sobre o Rangers clicando aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s