Clima de playoff: Em jogo duro e difícil, Caps vencem Islanders e se recuperam

Na noite dessa quinta, o Washington Capitals jogou contra o New York Islanders no Verizon Center. Buscando retomar o caminho das vitórias após semanas conturbadas de jogos cancelados e derrotas, os Caps encontraram o time do Brooklyn muito entrosado e bem, com Jaroslav Halak sendo um monstro no gol. Mais uma vez, Washington contou com o melhor de Alex Ovechkin para vencer a partida no último período.

O jogo começou com equilíbrio. Os dois times buscavam o ataque, com um leve domínio da equipe visitante. Esse início rendeu o primeiro gol da partida para os Islanders. Após jogada por trás do gol de John Tavares, Travis Hamonic chutou de longe e Mikhail Grabovski marcou no rebote, com apenas 2 minutos jogados. Isso acordou os Caps, que vieram pra cima, cada vez encontrando mais em suas linhas, inclusive a segunda, que vem sendo o grande trunfo de Washington na temporada. Eles conseguiram marcar após Nicklas Backstrom recuperar o puck na zona neutra e partir para o ataque, com toda sua inteligência, ele fingiu o passe para Ovechkin e segurou, fazendo o giro e jogando para TJ Oshie, que mandou no alto vencendo Halak e empatando o clássico.

No segundo período, o jogo físico começou a aparecer. Tom Wilson era o principal alvo dos defensores de New York, principalmente de Thomas Hickey, que já teve algum desentendimento com o camisa 43. As penalidades eram o principal problema dos dois times, que tiveram um Power Play’s cada, além de um 4-on-4, que foi aproveitado pelos Caps. Já no final de uma segunda parte chata, Jason Chimera e Dmitry Orlov fizeram uma bela jogada do meio para a direita, e, na tentativa de passar para o meio, o puck bateu em Halak e ficou oferecido na frente do gol para Andre Burakovsky, que marcou no apagar das luzes dando a liderança para as águias no fim.

A terceira parte começou muito melhor que a anterior. Os dois times pareciam querer jogo, os Capitals pra definirem a partida e os Isles para tentarem o empate. Esse equilíbrio começou a se tornar um pouco de vantagem para os visitantes, até quando, em falha da defesa, Marek Zidlicky passou para o meio, onde, no meio dos caras de vermelho, tinha Josh Bailey em frente a Braden Holtby, para fazer 2-2. Dai em diante, New York e Washington fizeram um grande jogo, com chances para os dois lados. Já no final, os Caps começaram a tomar o controle, principalmente com o bom jogo dos defensores armando os ataques, e foi assim que nasceu o último gol do jogo. Karl Alzner puxou pela esquerda para direita e mandou atrás do gol para Oshie, que passou para Backstrom mais atrás, achando Ovechkin livre no meio para fazer 3-2 do jeito que ele mais sabe. A partida não acabaria ai, logo depois do gol, John Carlson foi para o Penalty Box por delay of game e o time de Nova York teve mais uma vantagem de jogadores a seu favor. Usando o Empty Net, um 6-on-4 desafiava o bom Penalty Kill das águias, que conseguiu resistir a essa pressão e deu números finais a partida.

Final: Washington Capitals 3-2 New York Islanders

Os Capitals voltam ao gelo amanhã no Prudential Center em New Jersey para enfrentar o New Jersey Devils.

 

Melhores momentos do jogo aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s